domingo, 25 de outubro de 2009

Confesso...

Confesso que quando saí a caminho de casa na sexta-feira, a minha alma era um remoinho de emoções... muitas saudades da família, dos amigos, do ar do Norte...
Mas a minha alma ía inquieta também... esperava-me o desconhecido, a novidade, a expectativa do que iria sentir quando um novo desafio se me fosse colocado de frente...
Sem quilómetros de distância, sem pausas para escrever e tão perto que podia tocar, que podia observar o seu olhar no meu, que podia sentir o seu respirar...

Confesso que não estava à espera de ser surpreendida desta forma.
Não, não me esqueci de como era, apenas não esperava tanta força, tanta emoção, tanta alegria, que me deixou zonza e com receio de não ser como eu gostaria que fosse...

Confesso que não estava à espera que a magia do momento invadisse de tal forma a minha alma e me deixasse extasiada e com um brilho no olhar... cheia de vontade de voltar a sentir o sorriso a invadir o meu rosto a cada dez segundos, cheia de vontade de tocar, de olhar e voltar a olhar...

Confesso que não estava à espera que o encantamento não se perdesse pelo caminho quando enfrentasse a realidade mesmo ali, nua e crua...

Confesso que não estava à espera de sentir o que senti quando a minha mão tocou, ao de leve, a sua...


Mas, apesar de todos os medos, anseios e receios, neste momento, eu acredito!
Acredito que algo bom está a surgir no meu horizonte, acredito ter força e vontade de aceitar com todo o meu corpo, alma e coração... de sentir sem receio, de descobrir e me deixar ser descoberta, de me dar, de receber sem medo, de abrir o meu peito e deixar entrar...

Porque me faz sorrir, porque me faz sentir que estou viva, porque me sinto querida, porque me faz feliz...

Porque quero ser feliz!

10 comentários:

  1. Eu sempre te pedi para que flutuasses comigo. O destino assim o permitiu e rapidamente a realidade se apoderou de nós, realidade essa k nos supreendeu pela positiva. Pelo teu post, facilmente se percebe a magia k nos bateu. As palavras são poucas para k possa dizer a imensa felicidade k me vai no coração......

    O teu post merecia um comentário meu :)

    Beijo

    Flutuas Comigo?! :)

    ResponderEliminar
  2. Flutuem lá os dois, como e onde quiserem...

    Descubram-se...
    Entendam-se...
    Mimem-se...
    Sorriam...

    Mas, não percas nunca esse brilho nos olhos e esse estado de alma que te deixa cheia de vida...

    É tão bom ver-te assim...sem passado, nem futuro, sem drama ou confusão...tão simplesmente bonita, brilhante e cheia de LUZ!

    Quem quer que te tenha feito flutuar, fê-lo certamente por BEM!

    Beijo no coração!
    (temo que não caiba, tamanha é a euforia, mas conta a intenção... :D:D:D)

    ResponderEliminar
  3. :)

    fico feliz a ler estas coisas...

    ...agora fiquem felizes vocês também!

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  5. E querer ser feliz já é um começo!
    Agora é seguir em frente...

    Beijoca e boa semana!

    (será que devo desejar que passe rápido?);)

    ResponderEliminar
  6. Para que não haja mal entendidos... referia-me a que a semana passe rápido, não esse estado de alma...

    às vezes, é melhor ser bem explícita!

    Beijoca! ;)

    ResponderEliminar
  7. Vivam.. Sintam.. Deixem entrar essa magia em vossos corações.. Flutuem juntos..

    Sintam a alegria e a felicidade que a vida tem para oferecer!

    Sejam felizes!

    Manela
    Beijo!

    :D:D

    ResponderEliminar
  8. A todos que aqui vieram e partilharam do meu estado de alma, comentando e alegrando-se comigo, fica um beijinho especial de agradecimento!

    ResponderEliminar

Exprimam lá o vosso estado de alma...