segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

2014

Este ano não comi passas, não desci da cadeira ao pé coxinho, não coloquei a nota no bolso. Não pedi nada para mim... Desejei para os meus tudo o que desejo no resto dos dias do ano. E sem expectativas começa um novo ano. Deixar fluir e a vida trazer-me o que é para ser vivido é o mote para os proximos 359 dias.

2 comentários:

  1. Encontrei seu blog e é uma honra estar a ver e ler o que escreveu, quero felicitar-vos, pois é um bom blog, sei que irá sempre fazer o melhor, dando-nos boas noticias, e bons temas.
    Quero aproveitar a oportunidade para partilhar o meu blog : Peregrino E Servo.
    Vou ficar muito feliz se tiver a gentileza de fazer uma visita ao meu blog.
    PS. Se seguir, fique a saber que irei seguir também seu blog, se o conseguir encontrar.
    António Batalha.

    ResponderEliminar

Exprimam lá o vosso estado de alma...